Nomes de políticos na delação da Odebrecht devem chegar a 200

Depois de muitas costuras, saiu um acordo de delação premiada do Marcelo Odebrecht, completando com um acordo de leniência da Construtora Odebrecht que irá dar suporte com fornecimento de material provando de tudo o que for falado durante os depoimentos.

Até porque, a delação e a leniência só terão validade se tudo o que for falado ser verdade.

Ao todo, são 78 pessoas envolvidas diretamente na delação da empresa, entre diretores, ex-diretores, gerentes, funcionários e outros. A leva de pessoas que serão entregues é grande e a classe política está apreensiva com o desfecho.

Quem deve, já sabe que a qualquer momento a Polícia Federal estará batendo na porta e a estas alturas, muita gente está eliminando o que podem de provas, para que nas buscas não se encontrem nada. Só que pouco adianta, a esta altura, as provas já são robustas e com os depoimentos e fornecimento de documentos pela empreiteira, ninguém será poupado.

O medo é tanto que o Congresso está tentando votar as pressas uma Lei para deixar brechas e livrar a cara de muitos políticos envolvidos.

Pelas contas, dizem que cerca de 200 políticos estarão de alguma forma envolvidos.

Pelo acordo já assinado, O Presidente da Odebrecht, o Marcelo que já estava condenado a 19 anos de prisão, terá a pena aliviada e a empresa vai devolver aos cofres públicos mais de 6 bilhões de reais, é muito dinheiro, é a maior devolução de dinheiro da história do Brasil.

Pelo valor, já podemos ter uma ideia de que o que vem por aí é chumbo grosso e ninguém será poupado, doa a que doer. Muitos políticos a partir de hoje não irão dormir direito até que se confirme quem será citados nas delações.

Logo estaremos divulgando a lista dos envolvidos na delação do Marcelo Odebrecht.

Por: fskEm: 23 de novembro de 2016 | Em Notícias Daih, Política  |
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *